sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Floreiras recheadas de suculentas

O trabalho da semana foi a montagem de quatro floreiras de concreto com suculentas, elas tem a função de barrar e direcionar a passagem em um deck de madeira.
Esses vasos tomam sol abundante até mais ou menos às 16:00, por isso tem essa coloração bem marcada com características de stress hídrico e sol em excesso, porém estão super saudáveis e exuberantes. 

Antes que me perguntem onde comprar suculentas coloridas como essas, leia a postagem das suculentas stressadinhas

Essas plantas são comuns e podem ser compradas em qualquer viveiro que venda suculentas, mas você não encontrará já com essa coloração, pra ficarem assim é um processo, uma combinação de excesso de sol e pouca água, eventualmente solo pobre em nutrientes. É muito comum acontecer em vasos que já estão plantados á alguns anos e necessitam a troca do substrato. 

Já vou adiantando que você não deve comprar uma plantinha do viveiro onde ela se encontra em condições super favoráveis e expô-la ao sol forte de uma só vez, faça isso gradativamente, pois corre o risco de queimar as folhas. 




















Orçamentos em Brasília: lidianepaisagista@gmail.com



quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Canteiros










Qualquer casa tem espaço pra um canteiro, mesmo que não tenha espaço para um jardim, os canteiros são uma ótima maneira de cultivar uma horta, flores e logicamente, suculentas. Eles podem ser construídos com blocos de cimento, tijolinhos de barro ou pedras. No canteiro que mostro hoje, não houve nada que impedisse a sua composição, pois, foi inserido diretamente ao solo sem nenhuma construção, o piso ao redor é de cerâmica e os acabamentos foram feitos com seixo. Mais simples que isso impossível.




Dicas pra montar um canteiro:


Comece juntando um número razoável de suculentas, nesse caso a quantidade é importante, pois garante um canteiro abundante, certifique-se que tenha plantas para repetição e com isso a criação de maciços. Algumas espécies já desenvolvidas com porte maior, que criam um ponto focal atrativo são indispensáveis, podem ser cactos que trazem verticalidade ao jardim, já que as suculentas são geralmente de pequeno porte.

Obtenha rochas de tamanhos e formatos diversos, além de preencherem espaços, elas criam condições como pequenas fendas e dão de apoio e sustentação pra que o jardim fique mais natural. Pedriscos e seixos fazem a cobertura, evitam o crescimento de ervas daninhas e mantém a umidade.

A manutenção é semanal e consiste em rega abundante e retirada de possíveis ervinhas indesejáveis, a poda pode ser necessária após três meses e deve ser feita com tesoura limpa e bem afiada e as suculentas podadas podem ser replantadas em outros canteiros ou vasos.






























Orçamentos em Brasília: lidianepaisagista@gmail.com

domingo, 7 de junho de 2015

Mais terrários





Os terrários são peças desejadas e provam a cada dia que são uma tendência, pois ainda despertam a curiosidade de muitos. Fáceis de montar, requerem poucos cuidados e trazem um pedacinho de natureza pra dentro de casa, além de impressionarem pela beleza, dão um toque de sofisticação ao ambiente onde são inseridos. 
No domingo passado saiu uma matéria na Revista Do Correio Braziliense sobre a montagem dos terrários, o passo a passo e a importância das camadas. Se você perdeu, clique aqui pra acompanhar. 

Materiais necessários.



















CRÉDITOS E DIREITOS AUTORAIS DE IMAGENS

A grande maioria das imagens utilizadas no blog não são de minha autoria, SEMPRE que encontro, disponibilizo os créditos nas imagens.
Infelizmente, muitas delas quando encontro, são cópias das cópias, e já não possuem os devidos créditos e direitos.
A única finalidade desse blog é a DIVULGAÇÃO e COMPARTILHAMENTO de imagens das suculentas, para uma popularização no Brasil dessas plantas que são incrivelmente resistentes e tão utilizadas ao redor do mundo.
Se você se deparar com uma imagem de sua autoria ou a qual possua os créditos, por favor entre em contato comigo pelo e-mail lidianepaisagista@gmail.com, para reparação correta com a colocação da sua autoria ou para a retirada da imagem do blog.